Biografia

Pedro Granja

Acrílico sobre tela, por Ana Madureira (2009).

Pedro L. Granja nasceu em 1970, no Porto, Portugal. Integrou o ensino secundário no Porto, Portugal, e em São Paulo, Brasil. Licenciou-se em Engenharia Metalúrgica na Universidade do Porto (UPorto) em 1993 e obteve seu Doutoramento em Ciências de Engenharia em 2001, como resultado de estudos realizados no Instituto de Engenharia Biomedica (INEB, UPorto) e INSERM U.1026 – BIOTIS (Universidade de Bordeus, França). Realizou estudos de pós-doutoramento no INEB, foi cientista visitante no Laboratório de Engenharia Celular e de Tecidos (atualmente na Universidade de Harvard, EUA), Universidade do Michigan (EUA, 2004) e Professor Convidado no Laboratório de Biomaterials e Polímeros Especiais, Institut Galilee, da Universidade  Paris 13 (França , 2009). Ele é atualmente Coordenador Científico do INEB, Líder do Grupo Biofabricação do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S).

Os seus interesses de investigação encontram-se na intersecção entre ciência dos materiais, biologia e medicina, nomeadamente no desenvolvimento de biomateriais biofabricação, recorrendo a princípios e ferramentas de engenharia de tecidos e medicina regenerativa. O seu trabalho de investigação tem sido focado no design molecular de hidrogéis biofuncionais como réplicas 3D da matriz extracelular. Atualmente, ele tem explorado a biofabricação de estruturas de tecidos a partir de hidrogéis celularizados. Ele recebeu o prémio Jean Leray em 2006 pela Sociedade Europeia de Biomateriais (ESB) e é internacionalmente reconhecido como fundador (1998) e Editor-Principal da Biomaterials Network (Biomat.net). Ele foi recentemente  distinguido como Fellow of Biomaterials Science and Engineering (FSBE, 2020). Ele atua ainda como perito de várias agências de financiamento, organizações e empresas nacionais e internacionais. Até ao presente ele é autor de mais de 110 artigos em revistas internacionais, 11 capítulos de livro, 2 patentes, e apresentou mais de 170 palestras convidadas em todo o mundo. Presentemente, ele tem um índice h de 44  e as suas publicações foram citadas mais de 6000 vezes (Google scholar).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s